domingo, 16 de julho de 2017

Uma garota com baixa autoestima e tesão



Sentada em um dos degraus da escada, seus olhos venenosos atrás das lentes de um óculos, ela fuma um cigarro, eu odeio isso, mas abriria uma exceção nesse caso, sentiria esse horrendo sabor desde que saísse de seus pecadores lábios.
Desviei-me de sua figura, mas não por muito tempo, como uma bússola apontando para o norte, eu logo estava mirando-a outra vez a uma distância segura, temia que ela, percebendo minha admiração, procurasse outro lugar para poluir seus pulmões de forma tão magnífica. Sempre que notava e virava o rosto para minha direção, escondia-me atrás de uma coluna.
Passados alguns minutos nesta vergonha situação, que fica ainda mais constrangedora pelo fato de minha xana estar molhada, decidi sair dali e esperar o ônibus escolar.
Na parada, em meio às dezenas de alunos tão sem grana quanto eu, ela ressurge, possibilitando-me notar algo que havia me escapado por ela ter estado sentado enquanto a via: Sua cintura é incrível! E ela sabe disso, pois usa um cropped que me deixa ver sua barriga e suas curvas, perfeitas como uma partitura.
– Rapariga! Como sinto tesão e inveja ao mesmo tempo?! – Penso comigo mesma, morrendo de medo de meus “faróis” estarem muito acesos.
Deixa eu chegar em casa... 



SUED

Nome artístico de Línik Sued Carvalho da Mota, é romancista, novelista, cronista e contista, tendo dois livros publicados, também é graduanda em História pela Universidade Regional do Cariri. Militante comunista, acredita no radicalismo das lutas e no estudo profundo de política, sociologia, História e economia como essenciais para uma militância útil.
Escreve ao Ad Substantiam semanalmente às segundas-feiras.
Contato: lscarvalho160@gmail.com








Nenhum comentário:

Postar um comentário