sexta-feira, 19 de agosto de 2016

revolucionário

me reconstruo
& não reclamo dos caminhos tortos
dos mares mortos
(& maremotos)
me reconstruo sempre
& me adapto todo dia
pra fazer poesia
co'o cotidiano
crônicas esparsas
presas numa gaveta
embolorada
cheirando a fumaça
de tabaco & incenso
um objeto propenso à mudança
que avança
ou retroage
mas muda
nunca estático
estatificado
mercantilizado
ou anárquico
> como uma moeda
que para em pé
porque ou é cara e coroa
ou não é nenhum dos dois

2 comentários: